Active News

Novidades da Indústria Cloud para 2022

Novidades da Indústria Cloud para 2022

Compartilhe:

O ano está apenas começando mas já temos novidades na Indústria de Cloud Computing.

Os balanços e as incertezas que a COVID-19 nos trouxe em 2021, reforçou a necessidade da continuidade e aderência dos serviços em cloud computing para este ano, pois ainda atravessamos os impactos da crise de saúde que não se estabilizou até hoje.

Nesse cenário, promover a otimização de processos nos negócios através da tecnologia aliada a flexibilidade, escalabilidade e acessibilidade, tornou-se cada vez mais presente no dia a dia e fundamental para quem está buscando destacar os seus negócios no mercado.

A Indústria de Cloud Computing teve um avanço e acelerou ainda mais a transformação digital. Com a pandemia, as empresas precisaram reinventar-se e a procura pela migração dos serviços em nuvem aumentou com alta de 23% em relação ao ano anterior.

Principais tendências para 2022.

Analisando o cenário dos períodos anteriores, não há dúvidas de que a Indústria de Cloud Computing crescerá ainda mais neste ano, especialmente devido a ascensão das atividades remotas, a busca pela otimização de processos, automação e solução inteligente que a computação em nuvem oferece.

Algumas ferramentas e soluções inovadoras estão por vir e você não quer ficar de fora das atualizações em nuvem, não é? Então continue conosco e conheça alguns recursos que serão novidade no mercado Cloud.

Edge Computing

Edge computing ou “computação de borda” é uma solução onde o processamento de dados acontece no local físico (ou próximo) do usuário ou da fonte de dados, ou seja, é o tipo de arquitetura em que uma rede armazena dados em microcentros para processamento. Parte dos dados é armazenado localmente, ao lado do dispositivo IoT, ao invés de estar em um servidor externo virtual – cloud, o que os torna disponíveis quando necessário.

A computação de borda é uma tendência de cloud computing para 2022, pois ao mesmo tempo que é possível obter serviços mais ágeis e confiáveis, a execução de múltiplas aplicações e a redução da sobrecarga na nuvem também facilitam a vida dos usuários, aumentando o nível de segurança da informação para as empresas.

Multicloud (Multi Nuvem)

A estratégia multicloud, ou multi nuvem permite a presença de mais de uma implantação de nuvem do mesmo tipo, seja pública ou privada, de um ou diversos fornecedores. A opção pelo Multicloud, além de flexível, permite usar a combinação de serviços mais competitivos em termos de preços e capacidade de recursos, garantindo maior eficiência para as empresas, ampliando a capacidade computacional, fortalecendo a segurança e redução de custos. Estima-se para este ano, que 90% das empresas optem por soluções multicloud.

Serverless

Uma das tendências de cloud computing para 2022 é a nuvem sem servidor, um dos modelos de computação nativo em nuvem no qual o provedor de nuvem aloca recursos da máquina sob demanda, gerenciando os servidores em nome de seus clientes. O provedor de nuvem fica responsável pelas tarefas rotineiras de provisionamento, manutenção e escala da infraestrutura do servidor.

É importante observar que este modelo não funciona sem um servidor. O diferencial é que os desenvolvedores não precisam administrar o ambiente, só precisam empacotar o código em containers para fazer a implantação e a infraestrutura utilizada é dimensionada conforme exigência da aplicação.

Containerização

No aspecto da nuvem, a containerização significa empacotamento do código de software com todos os componentes, como bibliotecas de APIs ou frameworks, que ficam isolados em seus próprios “containers”, como o próprio nome já diz. Como diferencial, é possível migrar e executar o software ou a aplicação no container de forma consistente em qualquer ambiente e infraestrutura, independentemente do sistema operacional. Além de reduzir custos com hardware, esta tendência em computação em nuvem garante que cada aplicativo seja executado de forma segura e ágil.

Cloud Ubiquity (Onipresença da nuvem)

O Instituto Gartner prevê a onipresença da nuvem como tendência em cloud computing para este ano e para o futuro da nuvem pública. Sabemos que hoje, a nuvem sustenta a maioria das novas soluções tecnológicas, incluindo negócios combináveis, e se afirmou com sua resiliência, escalabilidade, flexibilidade e agilidade nos períodos anteriores. Ambientes híbridos, multicloud e computação de borda estão ganhando cada vez mais espaço e com isso, preparando o mercado para novos modelos de nuvem distribuída, que devem surgir, fortalecendo e expandindo a computação em nuvem como a maior transformação digital cada vez mais onipresente no mercado da tecnologia.

Conclusão

Cada vez mais a computação em nuvem revoluciona a transformação digital, viabilizando soluções tecnológicas de ponta. Neste aspecto, as tendências de cloud computing para 2022 deixam a certeza de que a tecnologia em nuvem continuará expandindo como uma poderosa solução de armazenamento, evoluindo para acelerar a jornada, impactando na sustentabilidade, no setor econômico e na inovação, colaborando inclusive no cenário mundial, aliada a tecnologias como Inteligência Artificial/Machine Learning, maximizando investimentos em serviços de cloud computing, tornando-se cada vez mais essencial para o desenvolvimento dos negócios.

#Veja também

Fique por dentro das nossas novidades!

Política de Uso de Dados, Cookies e Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies e nossa política de privacidade. Saiba mais.